quarta-feira, 16 de julho de 2008

Bizarrices de uma tarde de calor fora de época...


Estou sem Sky em casa e sem coragem de abrir a Internet enquanto não sentar sozinha por um longo período. Por isso, da cama, tenho zapeado pelos canais abertos à tarde _ quando não tiro um soninho proveitoso...
Mas hoje foi difícil de engolir...Na Record, um apresentador exagerado falava sobre a loira de vermelho que está assustando os taxistas de Porto Alegre ao descer num cemitério da Vila Nova e, em seguida, desaparecer. Numa bela hora, um dos taxistas entrevistados descreveu a mulher como morena e de cabelos longos. Menos de cinco minutos depois, o mesmo profissional voltou a descrevê-la como ruiva...tenha dó, meu amigo.
Passei para o canal seguinte: Rede Tevê. De chorar no cantinho...uma homenagem de 1h para um funkeiro carioca, encontrado carbonizado na semana passada. As imagens do caixão e da coitada da família da vítima passaram mais de 30 vezes. No mesmo programa, uma atriz obesa pedia para ser operada gratuitamente e não aceitou a ajuda de um spa pq queria emagrecer rápido. Vai catar coquinhooooo!!!!
No SBT...hummm...uma imitadora da Márcia Goldschmit ouvia casos de HIVs positivos que mostravam como suas vidas estavam ótimas, apesar da doença. Uma das entrevistadas já tinha feito quatro cirurgias para esconder as marcas causadas pelos coquetéis que consome para manter-se viva. Nossa Senhoraaaaa!!!
E, para fechar com chave de ouro (credo!), Band/Márcia Goldschmit e uma família em que a mulher do amante da outra "lutava"para provar que o seu marido não era o pai da criança da tal criatura. Somebody save meeeeeeeeee!!!

Voltei a ler Dom Casmurro, do Machado de Assis...

5 comentários:

Lis disse...

Assina a sky já, com todos os canais a que tu tem direito!

Cláudia I. Vetter disse...

Machado, Grande!

Melhoras!

;**

Aline C. disse...

Muito obrigada, meninas!

Roberto disse...

Aline,
agüenta firme aí. Estamos torcendo pela tua recuperação.
Beijão
Roberto

Édnei Pedroso disse...

Não era Grouxo Marx que dizia que a TV era muito educativa?

"Desligo-a e leio um livro."

Bjo.