sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Feltes, será que este mundo é tão pequeno assim?


Comprei um livro usado, na quarta-feira passada, depois de muito viajar na Internet e encontrar o preço mais barato, exatamente, num sebo de Porto Alegre. O título: A arte de fazer um jornal diário, do grande Ricardo Noblat.
Li a obra no mesmo dia e, depois, selecionei as partes que me interessavam. Mas, só hoje, vi algo curioso na segunda página dele. Uma assinatura do primeiro proprietário do livro que, por sinal, está novinho. Ah! Voltemos a assinatura: André Feltes (acima, tentei reproduzir a parte do livro).
Caracaaaa! Será que o livro era do meu colega querido, editor de fotografia do DG, André Feltes? Estou curiosa para saber. Então, Feltes, responde aí: o livro era ou não era teu antes de parar, por acaso, nas minhas mãos?

2 comentários:

André Feltes disse...

Aline,
esse mundo é MUITO pequeno.
Hehehehehe,
o livro era mesmo meu !!!!
O vendi em julho, junto com outros livros, prum sebo no centro de Porto Alegre.
Fico feliz que ele tenha ficado em boas mãos. Aproveite.
Beijão.

Cynthia disse...

Esse livro é bem bom. Eu comecei a gostar do Noblat por causa dele - e deixei de gostar alguns anos depois, hehe. Mas o livro é bacanão!